Logo do Fórmula 1 GP Brasil
 

Bem-vindo ao único site oficial do F1 Grande Prêmio de São Paulo

Hamilton: 100 vitórias para a história.

Por Castilho de Andrade

     No empolgante GP da Rússia de Fórmula 1, em Sochi, Lewis Hamilton conquistou sua 100ª vitória na carreira, marca que certamente levará muito tempo para ser superada. Se é que será. O grande piloto da corrida, entretanto, foi Max Verstappen que largou em último e chegou em 2º. Carlos Sainz Jr, também com ótima atuação, completou o pódio. Hamilton lidera o Mundial por apenas dois pontos. 

      A vitória de Lewis Hamilton foi uma conquista da Mercedes que chamou o piloto para colocar pneus intermediários para pista molhada assim que a chuva começou. A Red Bull também acompanhou. Já a McLaren que tinha a vitória, praticamente, assegurada com Lando Norris vacilou, demorou muito para fazer a troca de pneus, e o piloto inglês perdeu a chance de chegar na frente. Como consolo, cravou a volta mais rápida. 

      Se a Fórmula 1 tiver sucesso na mudança de regras em 2022, isso significará que mais equipes e mais pilotos passarão a ter chances de vitória nas próximas temporadas. Por isso a marca de 100 vitórias de Lewis Hamilton poderá se tornar insuperável. Do grid atual, quem mais venceu foram Sebastian Vettel (53) e Fernando Alonso (32), além de Kimi Raikkönen (21) que deixará as pistas no final do ano. Vettel e Alonso também não devem seguir correndo por muitas temporadas mais. E o maior adversário de Hamilton, Max Verstappen soma 17 vitórias. Isso também ocorre em relação às poles, onde o inglês soma 101 e está muito além dos demais. 

        A prova em Sochi foi disputada desde o início com Carlos Sainz Jr ganhando a ponta e superando o pole Lando Norris. Lando recuperou a posição mais tarde enquanto Max Verstappen começava a ganhar posições. Até o final, nenhuma posição estava garantida e o que ficou mais difícil nas seis voltas finais por causa da chuva. Quem trabalhou mais rápido aproveitou a situação.  

       Fazendo o 1º e 5º lugares, com Hamilton e Bottas, a Mercedes deu bom avanço no Mundial de Construtores e lidera com 397,5 contra 364,5 da Red Bull. O Mundial está aberto e a próximo GP será na Turquia, 10 de outubro. 

Castilho de Andrade é jornalista especializado em automobilismo e diretor de imprensa do Formula 1 Grande Prêmio de São Paulo.

COMPRE SEU INGRESSO